Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ice AVenturaS

A Aventura de estar no topo do meu Iceberg... Ou seja, da minha mente! Pensamentos, reflexões, experiências, assuntos sérios ou maluquices da pessoa, mãe e psicóloga... Uma viagem talvez alucinante e meio louca!

Ice AVenturaS

A Aventura de estar no topo do meu Iceberg... Ou seja, da minha mente! Pensamentos, reflexões, experiências, assuntos sérios ou maluquices da pessoa, mãe e psicóloga... Uma viagem talvez alucinante e meio louca!

A Saudade tem Morada

Saudade... palavra tão portuguesa, tão forte e intensa...

Saudade... mais que sentir falta, mais que a ausência, mais que a espera...

Saudade... tem vida, tem identidade, personifica, aviva a memória, não cala...

Saudade... é "gente" que não deixa esquecer, que relembra e faz perdurar...

Saudade... é mais que sentimento ou emoção! É algo que carrega todas elas e que nos bate forte e faz vacilar...

Saudade... é memória! É recordação suave carregada de amor... Ou, por vezes, de dor e sofrimento...

 

A Saudade tem Morada...

Não deixa, não emigra, não se vai... Tem morada permanente...

A Saudade invade os corações de quem chora a ausência e vai ficando, enquanto a dor se transforma em memória que não desiquilibra, mas se sente... E fica após o luto feito... Fica a saudade até à última batida do coração, até ao último sopro de vida. A Saudade como memória suave do que ficou para trás...

 

Saudade que transforma, ressignifica, integra o que sem sentido o ganha em nós.

E, findo o luto, a dor da perda (do nunca mais), transforma-se em suaves memórias de saudade...

 

A Saudade mora em mim. Não me deixa. Acompanha-me.

Às vezes decide abrir o "sotão" e inundar-me de memórias, de dias, vidas, momentos bons, monentos maus, daquilo(daqueles) que em mim vive(m)...

Outras, fica caladinha no meu coração, mas não sai de "casa"! Como um ermita que me habita o coração e que tem as chaves do sótão onde se guardam as memórias...

 

E sabem que mais? Não quero que ela se vá embora! Ela dá vida, dá cor, traz a lembrança, recorda o coração!

A vida é uma sucessão de perdas e ganhos, de "vai e vem", de felicidade e infelicidade, de extremos e crises que nos fazem ser...

A Saudade constrói, lembra que há que aproveitar os momentos, lembra aprendizagens e erros, lembra a vida e a morte... Carrega a lembrança da felicidade que foi ter pessoas importantes e especiais na nossa vida!

 

E que sorte eu tive! Que o alemão (Alzheimer) não me roube o que já tendo sido perdido, não o está, pois vive em mim... Mora com a Saudade...