Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ice AVenturaS

A Aventura de estar no topo do meu Iceberg... Ou seja, da minha mente! Pensamentos, reflexões, experiências, assuntos sérios ou maluquices da pessoa, mãe e psicóloga... Uma viagem talvez alucinante e meio louca!

Ice AVenturaS

A Aventura de estar no topo do meu Iceberg... Ou seja, da minha mente! Pensamentos, reflexões, experiências, assuntos sérios ou maluquices da pessoa, mãe e psicóloga... Uma viagem talvez alucinante e meio louca!

O Nosso Primeiro Calendário do Advento

Este ano, uma amiga adicionou-me a um grupo no Facebook cheio de gente criativa a "magicar" os seus calendários do advento. Ora eu, que não estava muito dentro do assunto, fiquei a ver navios, sem perceber nada, mas curiosa.

Não sou católica, nem sigo as tradições católicas...

Ou melhor, sou, porque, me batizaram, fui educada na religião católica e fiz a primeira comunhão... Simplesmente, porque, como a grande maioria, não tive outra opção ou voto na matéria. Mas desde cedo pus os cabelos em pé às catequistas com perguntas "chatas" e nunca me senti muito convencida.

 

Mas passando à frente.

 

Já no grupo, comecei a cuscar...

Mas o que era aquilo?

Não eram bem aqueles calendários que se viam por aí, com janelinhas e chocolate... Era semelhante, mas diferente.

Calendários personalizados de contagem do dia 1 ao dia 24 de Dezembro, sob diversas formas e com ideias simplesmente lindas! "Estendais" com envelopes, caixas, embalagens ou postais; "Estendais" que são quadros; rolos de papel higiénico transformados em árvore de Natal com supresas; Caixinhas de fósforos em forma de árvore; formas de queques decoradas; embalagens giras... Tantas mas tantas ideias!!!! Todas com numeração de 1 a 24, para contar os dias até ao Natal!

Achei o máximo! Também tinha de fazer um!!!!

 

Restava a questão: 

- E lá dentro o que estava? O que escondia cada dia?

Gulodices? Nãaaaa... 24 dias de gulodices, não pode.

Orações católicas? Passagens bíblicas? Não me parece. 

Tarefas para fazer com os miúdos? Mas que? Sobre o quê? Qual o sentido? A lógica subjacente?

 

A Resposta:

Um mix e ao gosto/estilo de cada um!

 

Para mim, tinha que ser relacionado com a época. Não, na aceção católica. Não, na versão mais consumista das prendas. Não, apenas na da gula total...

A ideia era viver o chamado "espírito de Natal" e transmiti-lo ao meu Pardal.

Ensinar-lhe a estória por trás do São Nicolau (Pai Natal). A da Virgem Maria, José e do menino Jesus também (Católica ou não, faz parte da nossa cultura). Lembrá-lo da impressora do Pai Natal que está sempre a imprimir os nomes de quem se porta mal (ou seja, aproveitar para chantageá-lo, como qualquer outro pai LOL). Explicar-lhe a importância de "vermos o outro" nos entreajudarmos (o ano inteiro e não só agora). Levá-lo a fazer boas ações, a praticar o bem e a perceber o que isso é. Falar-lhe da família, amigos e dos laços que nos unem e que devemos acarinhar...

O Natal da partilha, do amor, do carinho, do espírito de entreajuda, do que devia existir o ano inteiro... E, claro, também um pouco das gulodices, mimos e magia do Natal! 

 

Andei a pensar e a congeminar, expus a minha ideia no grupo, recebi sugestões e opiniões... e, saiu um calendário ao meu jeito...

 

Um "estendal calendário" das cartas do Pai Natal!

Todos os dias, recebemos uma carta do Pai Natal com a "missão" desse dia e depois de lida, vamos pendurá-la no "estendal"! 

Tem a vantagem de ser possível receber correio em qualquer lado, caso vamos a algum lado, e dá-me mais tempo para ir escrevendo à medida das necessidades...

 

Comecei por pintar os envelopes com ele. Finalizei-os, até porque, sejamos sinceros: ele tem 3 anos! A paciência dele esgotou-se para aí ao 15.º envelope e já foi a muito custo que lá pintalgou mais um ou outro...

Depois pintei molas de dourado e ficou o primeiro passo dado!

Calendário 2016_1

 

O seguinte era começar a escrever... 

Mas, por outro lado, tendo decidido que cada dia/missão do calendário chegaria por correio, isso dava-me tempo para inventar e se necessário alterar e escrever nas mensagens dos envelopes. O que quer dizer, que posso protelar a coisa até à noite do dia anterior ou se for dia de escola, até antes de o ir buscar! Hehehehe

 

Para dia 1, era fácil de decidir a tarefa!

Dia 1 de Dezembro

 

Vamos lá a ver se consigo manter as rimas até ao dia 24... LOL

 

Claro que, como ontem estava estoirada (tive de trabalhar até às 3h da madrugada e às 6h30 o meu despertador, aka filho, acordou-me e desde aí, foi sempre a andar), aterrei completamente no sofá!

Estava tão de rastos que, a contar-lhe histórias para adormecer, ia eu adormecendo a meio das frases!!! LOLOL

 

Por isso, hoje mal me levantei, enquanto ele ainda estava na ronha na cama com o papá, esgueirei-me escadas do prédio abaixo para enfiar o envelope no correio! De pijama e tudo... Se algum vizinho me viu, pensou com certeza que enlouqueci! Mas resultou e é o que importa!

 

Depois do pequeno-almoço, disse-lhe que tínhamos de ir ver o correio, a ver se o Pai Natal nos tinha escrito! 

E lá fomos! Ficou tão entusiasmado com o envelope no correio que no elevador já o tinha aberto, nem esperou para chegarmos ao pé do papá! E correu casa a dentro, para mostrar que tínhamos recebido uma carta!

 

Montámos a árvore e colocámos decorações! Por fim, pendurámos o envelope.

 

Ficou todo contente e assim se passou a manhã.

 

Correio do pai Natal

 

Agora... Só falta é ele perceber que o Natal não é já amanhã e que a ideia não é receber prendas todos os dias! hehehehe

 

5 comentários

Comentar post