Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ice AVenturaS

A Aventura de estar no topo do meu Iceberg... Ou seja, da minha mente! Pensamentos, reflexões, experiências, assuntos sérios ou maluquices da pessoa, mãe e psicóloga... Uma viagem talvez alucinante e meio louca!

Ice AVenturaS

A Aventura de estar no topo do meu Iceberg... Ou seja, da minha mente! Pensamentos, reflexões, experiências, assuntos sérios ou maluquices da pessoa, mãe e psicóloga... Uma viagem talvez alucinante e meio louca!

De saída... Para a escola

Um novo dia numa escola nova, um novo começo, causa sempre alguma ansiedade. O que é natural e espectável. Seja para a criança, seja para os pais.

A questão é a quem causam mais angústia estas mudanças: se à criança, se aos pais.

 

No meu caso, foi nitidamente a nós. E ainda bem!

 

Ontem, o Pardalito foi pela primeira vez para a pré escola nova. 

Uma escola pública, muito bem conceituada aqui na zona, mas que não pudemos visitar antes, nem falar com educadoras, nem nada do que se faz nas privadas. O que a nós nos causou ansiedade pelo desconhecimento...

 

Mas procurámos sempre disfarçar a nossa ansiedade e antes transmitir-lhe entusiasmo, assegurando que era normal que se sentisse também curioso e algo nervoso por ir conhecer novos meninos. Que ia correr tudo bem, que toda a gente muda de escola (a mãe mudou muitas vezes) e que estariamos com ele para o ajudar, lá ou em casa.

 

Deve ter resultado bem e, claro o facto da escola ser realmente boa. 

Já lá, ainda estávamos nós a falar com a senhora e a tentar perceber como funcionava a escola, as novas regras e o que era necessário, já ele estava a puxar o pai para se despedir de nós e ir brincar e explorar tudo!

 

Fui buscá-lo mais cedo. Não o vi à janela, nem a apareceu em lado nenhum até o chamarem efetivamente e vinha com um ar feliz e ainda na brincadeira. 

A senhora disse que tinha estado bem, sem perguntar pelos pais. 

 

Já cá fora contou-me que era a escola mais fixe, que tinha o pátio mais fixe para brincar, muitas salas para brincar e que tinha feito 4 amigos, mas com quem mais tinha gostado mais de brincar era com a C. 

Pelo caminho para casa vinha radiante! Contou que não descansam nada, nem têm sítio para descanso (o que eu já sabia, mas ele não e estava felicíssimo com essa novidade).

Correu tão bem que chegou ao ponto de me dizer:

- "Gosto tanto da nova escola que até queria ficar lá a dormir! Vinha visitar-vos de vez em quando a pé." 

- "E ficavas lá a morar sem nós? Íamos ter saudades tuas." (Eu)

- "Não te preocupes, mãe. Eu vinha visitar-vos de vez em quando. Olha que eu vinha!" 

 

Quando lhe disse que o ia buscar mais cedo, refilou que queria ficar a brincar. 

Hoje acordou a dizer que já eram horas de acordar que era dia de escola e já nos mandou despachar umas quantas vezes que queria ir para a escola... 

 

Nunca o via assim com a anterior... 

 

Por isso, estamos felizes com o sucesso... E esperamos que se mantenha... Porque a escola fecha às 18h30, se não até estava era preocupada que me saísse de casa já...

 

https://previews.123rf.com/images/katedav/katedav1410/katedav141000013/32334265-child-with-a-suitcase-and-backpack-is-leaving-and-waving-goodbye.jpg

 

É a tua vez! Escreve um comentário!:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.