Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ice AVenturaS

A Aventura de estar no topo do meu Iceberg... Ou seja, da minha mente! Pensamentos, reflexões, experiências, assuntos sérios ou maluquices da pessoa, mãe e psicóloga... Uma viagem talvez alucinante e meio louca!

Ice AVenturaS

A Aventura de estar no topo do meu Iceberg... Ou seja, da minha mente! Pensamentos, reflexões, experiências, assuntos sérios ou maluquices da pessoa, mãe e psicóloga... Uma viagem talvez alucinante e meio louca!

Posso não ser a cliente perfeita...

... mas às vezes acho que quem está em atendimento ao público também não tem noção!

 

O meu filho esteve doente e para regressar à escola, como na maioria das creches, é necessário apresentar uma declaração em como já está bem de saúde e sem doenças infecto contagiosas. 

Na realidade, como ele até esteve doente durante o fim-de-semana prolongado, ele até só faltou um dia e foi porque nós achámos por bem não o levar, não fosse ele ainda estar contagioso,  apesar de já não ter sintomas... 

 

Mas enfim... Procurando ser respeitadora das normas e confirmar o estado de saúde, lá fui eu... 

 

Centro de saúde, funcionária nova... 

 

Anda de um lado para o outro, com papeis, vai e volta, atende o telefone, vai embora, etc...  Sempre com aquele ar enfadado característico e de quem está muitíssimo ocupado. 

Passam-se 20 minutos, ainda não atendeu nenhuma das pessoas que estão à espera e já há fila. Já atendeu dois telefonemas e continua de um lado para o outro, tipo barata tonta.

 

Nesta fase, eu já estava a pensar que ia jurar que quem estava presencialmente na fila, tinha precedência no atendimento em relação a quem telefona... Aliás, tanto é assim (ou era), que eu já desisti de telefonar para o centro de saúde, pois geralmente ninguém atende. 

 

25 minutos. Eu já a passar-me. O meu cachopo, como qualquer criança com menos de três anos, também fartinho. 

 

Finalmente, decide perguntar quem tem a próxima senha e sentar-se a atender. 

 

Verifica-se que sou eu quem tem a senha a seguir. 

 

- Bom dia. Vinha para pedir à Dra. A. uma declaração em como o meu filho já está bem e pode ir à creche. Era só para ela observar e passar a declaração para ele poder ir à escola.  

 

(Algo que ela já me faz, às vezes, até sem ver o garoto, pois sabe que eu só lhe peço tal se ele estiver mesmo bem. É por isso um pedido comum e que a própria médica me disse para esclarecer assim o motivo de estar ali nestas situações.) 

 

- A Dra. está de férias e não passa declarações sem ver a crianças. Só se for por consulta pediátrica

 

- OK. -  e não tenho tempo de dizer mais nada, pois a Sra não só decide atender novamente o telefone, como começa a mexer no computador, ignorando-me totalmente. 

 

Fico à espera, pensando que estará a marcar consulta para outro médico qualquer ou algo do género. 

A certa altura, devolve-me o CC do meu filho, sempre ao telefone, e passado um bocado dá-me um bocado de papel com algo que escreveu à mão. 

 

Perplexa, pergunto:

- Mas vai demorar? Sento-me a aguardar onde? O que é isto (papel) ? 

- Então, tem consulta com a Dra no dia 10 de Maio. 

- Desculpe?! Eu não quero consulta nenhuma! Eu preciso é de uma declaração para o meu filho poder ir à escola hoje e não daqui a 15 dias! Consulta?! 

 

Virei as costas e vim-me embora, não fosse mandá-la para um certo sítio! 

 

Saio a espumar e a tentar controlar-me porque tenho o meu filho comigo, já saturado também e espantado com a situação... Na minha cabeça... 

 

A sério que me deixaste à espera mais de 25 minutos para te decidires a atender-me e depois, em vez de me ouvires e perceberes o que pretendia, decidires borrifar-te, atender mais um telefonema e fazer o que achaste bem? 

E a louca sou eu que me passei, te respondi e virei as costas... OK... 

 

Não dava, porque a médica estava de férias? Dizia-me isso e sugeria voltar à tarde à consulta de urgência ou marcar consulta para quando fosse possível. 

Não me dizia que só por consulta, sem esclarecer que a consulta era para daqui a 15 dias e começava a marcar a mesma sem confirmar ou me ouvir em condições! 

 

Estou mesmo a ver, eu:

- Olhe, desculpe mas até dia 10 não posso ir trabalhar. 

- Então porquê? Está doente? 

- Não. 

- O seu filho está doente? 

- Não, mas a minha médica de família está de férias e a Sra da receção disse-me que só será possível pedir um atestado de saúde no dia 10 de Maio. Como sem isso, o meu filho não pode ir à creche, tenho de ficar em casa com ele. 

 

Really?!?! 

 

Acho que é desta que mudo de centro de saúde... Assim como assim, a minha médica já tá quase reformada... 

 

Não, hoje não estou em dia Zen e de procura por tolerância... Nadinha! 

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Ice"guêsa" 28.04.2016 11:23

    Mesmo!!!
    Eu vim-me embora para não responder ainda pior... Tive noção que era melhor pôr-me a andar para a conversa não descambar mais... Image

    Mas este centro de saúde é uma comédia...

    A primeira rececionista que me lembro, tinha a alcunha de Bulldog, tal era a sua simpatia! E atenção, era a própria médica que também a chamava assim. Image
    Era super antipática, mas confesso que tenho saudades dela que ao menos era competente.

    A a seguir, era maluquinha de todo...
    Depois veio uma que eu pensei: "Finalmente! Alguém de jeito!"
    Agora trocaram-na...


    Outra história de loucos lá...
    Antigamente, quando era pequena (ou mais pequena), havia alguns centros de saúde que tinham dentista.
    Por isso, um dia em que estava com uma dor de dentes daquelas, lembrei-me de ir lá perguntar se tinham dentista. Resposta:
    - Não, mas olhe temos psicólogo.

    Eu fiquei parva! Nem consegui responder. Disse só obrigada, mas não preciso. E fui embora.

    O mais estúpido é que não tinham psicólogo na realidade... tinham uma colega minha, do 5.º ano de psicologia, a fazer estágio curricular lá... E obviamente a minha dor de dentes não era psicológica! Image
  • É a tua vez! Escreve um comentário!:

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.